15.9.13

Tenshi Nanka Ja Nai

Tenshi Nanka Ja Nai
Ai Yazawa
Manga - 40 Capítulos/8 Volumes
1991
7 em 10

Este manga tem uma história engraçada por trás. Bem, pelo menos eu acho-a engraçada! Estava com a Hota em Espanha, naquele evento a que fomos, e queria comprar um manga. De repente ela mostrou-me este e disse-me que era da autora de Nana e de Gokinjo Monogatari e eu achei por bem comprá-lo. Foi quando ela me disse que tinha 8 volumes. Oh bem, agora já está, vou coleccionar o resto. Após alguma investigação, descobri que esta edição, da Planeta Agostini, era uma edição condensada em 4 volumes. Viva! Então vi o OVA. Como podem ver, detestei-o. E a Hota disse-me "isso é daquele manga que compraste em Espanha!" E eu vi a vida a andar para trás... Pensei em vendê-lo, mas quem quereria um manga em Espanhol? Então decidi dar-lhe outra oportunidade e comprar o resto da colecção. 

Valeu a pena.

Conta uma história de amor adolescente muito simples. O que é único neste manga são os personagens e a visão que eles têm sobre a vida. Se um romance adolescente normalmente tem uma rapariga negativa que se apaixona por um rapaz positivo, aqui acontece precisamente o contrário. Os personagens são absolutamente fascinantes, pois é com o bom humor e com uma perspectiva boa da vida que eles resolvem os problemas que se lhes aparecem. No final, é o amor que acaba por vencer. A simplicidade é o seu forte. Gostei tanto da personagem principal, Midori, que a vou adicionar à minha lista de planos de cosplay (que podem consultar no meu Portfolio)

O traço é delicado e sonhador, muito feminino. E a minha parte preferida da autora, as roupinhas, está bem presente, apesar de discreta. Também é muito engraçado ver como se vestiam as pessoas normais nos anos 90 Japoneses.

As ilustrações da capa desta edição deluxe, sobretudo as da capa de dentro, são absolutamente deliciosas. é nelas que basearei o meu cosplay, a versão "Anjo Saejima".

Um manga muito agradável e positivo que só trará sorrisos a quem o ler. E em Espanhol é sempre mais divertido!

Sem comentários:

Enviar um comentário