19.9.13

´Searching for Sugar Man

Searching for Sugar Man
Malik Bendjelloul
Filme
2012
8 em 10

Quarta-feira, dia de mais uma sessão de cinema ao ar livre no Martim Moniz. Cheguei mais cedo, na esperança de comer alguma coisa, e já só havia lugares soltos. Muito rapidamente, até os lugares soltos ficaram ocupados. Graças a algum poder sobrenatural, conseguimos sacar umas cadeiras aos cafés-restaurantes-bares que agora decoram a ex-Chinatown Lisboeta. Ainda assim, tinha um senhor cabeçudo que me tapava as legendas (ele por sua vez também tinha um senhor cabeçudo a tapar as dele). Mas vamos ao filme.

Infelizmente, quero recomendar este filme. Por isso, não vou poder falar sobre NADA do que se passa nele, porque o que tem mais graça é a surpresa que ele nos mostra. Fala sobre um músico dos anos 70, Rodriguez, uma espécie de Bob Dylan que nunca conheceu o sucesso. Então... Então, vão ter de ver o filme.

Apesar de não ser muito conhecedora de cinema documental (ou de cinema em geral), acredito que este filme esteja muito bem feito, porque mantém o interesse sem nunca aborrecer. Conta com vários relatos de pessoas que conheceram (conhecem? Quiçá...) Rodriguez, imagens, fotografias dele e dos seus álbuns, e gravações antigas.

Mas o que dá o brilho ao filme sobre o Sugar Man, é a música do Sugar Man. Eu já tinha ouvido a banda sonora antes de ouvir o filme, mas no filme faz muito mais sentido. É surpreendente que Rodriguez não tenha  tido o sucesso que merecia, porque a música é mesmo de qualidade. Mesmo que não vejam o filme, recomendo que explorem este artista, porque é realmente interessante.

Tenho pena de não poder falar muito sobre o filme, para não estragar a graça que ele tem. Avanço apenas que quase chorei naquele êxtase final.

Sem comentários:

Enviar um comentário