23.2.15

O Tintureiro Francês

O Tintureiro Francês
Paulo Larcher
2014
Romance Histórico

Livro que recebi como Ring no BookCrossing.

Num século XVII, em Portugal, um grupo de pessoas reune-se para ir a França resgatar um tintureiro, que trará sucesso à fábrica das lãs instituída pelo Marquês de Pombal. Pela sinopse, ninguém diria que grande parte do livro (cerca de metade) é uma épica história de aventuras marítimas, tendo como personagem principal uma mulher - Teresa - disfarçada de homem. A partir do meio, já o tintureiro francês está em Portugal, ficamos a saber mais sobre as técnicas de tintura de tecidos da época e o que aconteceu a Teresa na última parte das suas aventuras.

O livro está escrito numa linguagem muito adequada à época, o que torna tudo bastante interessante e revela uma grande pesquisa pela parte do autor. Infelizmente, a narrativa perde-se frequentemente por momentos altamente descritivos que são muito maçudos, especialmente no respeitante à anatomia dos barcos utilizados. Como as palavras nauticas utilizadas são do meu completo desconhecimento, foi muito difícil acompanhar estas descrições. Na segunda parte, o detalhe dado às técnicas de tinturaria é bastante interessante, mas ainda assim um pouco difícil de seguir e, quiçá, desnecessário para o desenrolar narrativo.

O livro tem interesse até aos momentos finais devido a este realismo impresso nas palavras. A cena final, então, acaba por ser demasiado fantasiosa para o teor que o livro tinha estabelecido até ali e calha bastante mal, tendo em conta tudo o que lemos.

No entanto, foi um livro que me cativou bastante e que se lê com fluidez.

Sem comentários:

Enviar um comentário