29.10.14

Sumomomo Momomo

Sumomomo Momomo
 Inoue Toshiki - TV Asashi
Anime - 22 Episódios + 2 OVA
2006
4 em 10

Existem aquelas ocasiões em que eu digo "há muito tempo que não via algo tão bom!". Agora é caso para dizer: "há muito tempo que não via algo tão mau". Porque, realmente, isto é possivelmente das coisas mais terríveis que tive o prazer de ver. Nem chega ao "tão mau que é bom". É simplesmente tenebroso.

O ambiente é estabelecido logo na primeira frase da OP:

Vamos fazer bebés

E a história, mais ou menos, consiste nuns filhos de uns mafiosos que foram prometidos em casamento um ao outro. O gajo é inteligente (o que só se nota no primeiro episódio, quando explicam que ele é inteligente), a gaja deve ter uma coisa boa qualquer além de ser loli, mas não consegui identificar o quê. Ela quer forrobodó, ele não. Depois aparecem mais duas miúdas, uma loira ainda mais loli e uma menos loli mas muito tímida, que também querem forrobodó. O garanhão da parada, não quer saber, até aos últimos quatro episódios, em que finalmente aparece algo semelhante a uma narrativa.

Para além de uma história, um setting e personagens que já estão em queda no abismo desde a sua conecpção, tudo isto tem uma animação roçando o asqueroso. As cenas cómicas e fatia de vida têm características hermeticamente poligonais, mesmo quando tendencialmente chibosas. As cenas de acção com espadas e coisas do género podem ser resumidas em "imagem parada com meias luas luminosas a passar", o que me parece uma boa metáfora para "estou a matar os meus inimigos". Por alguma razão cada uma destas personagens tem um super poder do coiso e tal manifesto por um animal do zodíaco chinês. Estes, coitadinhos, são do pior CG que alguma vez poderia ter sido inventado, parece aquele CG primordial que se usava há décadas atrás. De certa forma, é uma animação vintage.

Para coroar este espectáculo, temos OPs e EDs histéricas e efeitos sonoros toonicos que em nada contribuem para uma boa apreciação do que se está a passar (mesmo que se passasse alguma coisa de interesse).

Nem posso recomendar para se rirem do mau que isto é, porque não tem graça.

Sem comentários:

Enviar um comentário