16.9.12

A Wind Named Amnesia

A Wind Named Amnesia
Yamazaki Kazuo - Madhouse Studios
Anime - Filme
1990
7 em 10

Aviso antes de começar que eu li o conto (livro) que serviu de base para este filme. E que A-M-E-I. Por isso, assim que vi a imagem acima no MAL (MyAnimeList, não o "mal" per se) e constatei que estes eram os designs de Sophie e Wataru... Pensei... "Oh deus, vou odiar isto". Mas não. A verdade é que, para minha grande surpresa, o filme até nem é mau! 

É certo que os designs não correspondem em absolutamente nada com a ideia que eu tinha na cabeça, que foi fundada pelas ilustrações do livro. Cabelos brancos wat, fita na cabeça wat. Em termos de animação, temos uma produção bastante eficiente para a época. Não temos nada de fantástico, umas explosões aqui e ali, mas toda a arte é - no geral - muito cuidada e o efeito final está bem conseguido. As poderosas imagens paisagísticas do livro não foram transferidas para aqui, o que é uma pena.

Em termos de história e de personagens, em comparação, há pequenos erros narrativos mas nada que se note para quem não leu o livro. A coesão e a sequência foram mantidas e, o mais importante, todo o fio da história também. Esta é uma história poderosa, quase Saramaguiana mas com um toque de ficção científica: o que aconteceria se, de repente, toda a humanidade perdesse a memória? Isto levanta importantes questões sobre o valor moral da humanidade e sobre a ética que nós atribuímos como inerente à racionalidade (atributo que também só atribuímos a nós próprios) A mim parece-me um debate interessantíssimo e a forma como está exposto é bela. Critico o final que, bem, não tem nada a haver e corta completamente com o momento belíssimo com Bob Dylan que me fez apaixonar-me pela história. A sério, sexo em vez de Bob Dylan? Crime!

Em termos musicais, temos músicas apropriadas e efeitos sonoros bastante bons. Gostei muito dos actores de vozes dos selvagens, pois expressar-se em onomatopeias é bastante difícil.

No geral é um filmezinho bonzinho. Mas vou usar este espaço para recomendar o livro, novela ou conto, chamemos-lhe o que quiserem, porque é belo, é simples, está muito bem escrito e é genial e eu adoro-o às pecinhas pequeninas. <3

Nota: o realizador do anime é o mesmo gajo que fez Ninja Scroll (achei que seria interessante dizer)

Sem comentários:

Enviar um comentário