30.6.17

Flip Flappers

Flip Flappers
Oshiyama Kiyotaka - Studio 3Hz
Anime - 13 Episódios
2016
7 em 10

Tudo o que havia ouvido dizer sobre este anime era terrível. Até que, por obra do senhor, acabou sugerido no meu clube e, assim, acabei por o ver. Mas que agradável surpresa!

Uma rapariga com uma vida normal é desafiada por uma energética moça que a leva para um mundo mágico onde deverão coleccionar pedacinhos de cristais. Para lutar contra organizações rivais e monstros horrendos, terão de se transformar em meninas mágicas. Assim, sucedem-se episódios com aventuras variadas, cada uma tocando em temas recorrentes da indústria do anime, dando-lhes uma nova interpretação dentro do contexto do flip-flapping.

Cada episódio mostra um momento de tensão diferente e é através destes que as duas personagens aprendem a formular uma amizade e desenvolvem os seus poderes em conjunto, por forma a combater inimigos cada vez mais fortes. No fundo, este anime é uma revelação da identidade adulta, um "coming of age" muito simples que utiliza o mundo do flip e do flap e dos cristais como mote para a perda da fantasia infantil para encaminhar a personagem para a sua vida real. Assim, o final acabou por ser um pouco insatisfatório, na medida em que tudo ficou bem porque acabou bem,. quando talvez devesse ter havido um contraponto ligeiramente mais realista à situação.

Muitas das críticas a este anime referem-se ao "estilo por cima da substância". E isto não é mentira. O estilo de animação e as técnicas utilizadas tornam este anime num festim para os olhos (seus cones e bastonetes), com uma variedade de movimentos muito fluídos, uma explosão de cores e formas e cenários muito originais.

Musicalmente, temos algumas peças um pouco estranhas que se coadunam bem com o tema geral do anime. Gostei especialmente da ED.

Assim, é com todo o gosto que recomendo este anime. Talvez também eu seja uma plebeia. ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário