25.6.17

Fanny Owen

Fanny Owen
Agustina Bessa-Luís
1979
Romance

Foi a minha primeira experiência com esta autora e devo dizer que fiquei muito impressionada. Um livro viciante!

Conta a história dos amores e desamores entre José Augusto e Fanny Owen, amigos de Camilo Castelo Branco. A história é simples e trágica, mas o que cativa neste livro não é a narrativa: é a forma como tudo está escrito e descrito. A autora é uma mestra das palavras e localiza este livro num tempo passado, como se tivesse sido realmente escrito no século XIX. O vocabulário utilizado é antiquado, mas isto funciona perfeitamente dentro do contexto. Para mais, segundo consta, os diálogos dos personagens são retirados das suas cartas e diários, o que imprime um imenso realismo a toda a obra.

Este livro é um excelente repositório de descrições dos hábitos da época, muito mais do que se tivesse sido escrito na própria época. Assistimos tanto aos bailes repletos de vestidos e tecidos luxuosos como às conversas e dramas pessoais da gente regular, que sem d´+uvida vê a vida de uma forma diferente.

Fiquei muito entusiasmada com este livro e espero poder ler mais desta autora em outras ocasiões.


Sem comentários:

Enviar um comentário