10.12.12

Em busca de uma voz distante

Em busca de uma voz distante
Taichi Yamada
2007
Romance

Num Random Act of BookCrossing Kindness havia vários livros para escolher. Escolhi apenas este, pois o autor era Japonês e... Ganhei-o! Viva! Já goi há algum tempo, mas só agora pude finalmente lê-lo.

Aparentemente Taichi Yamada é um famoso guionista de novelas (doramas, para vocês que gostam), mas também escreve romances. Este é um deles. Conta a história de Tsuneo, um empregado do departamento de imigração que é afectado por um estranho problema de esquizofrenia. Ele ouve uma voz. E a voz é uma mulher e a voz é sedutora, mas a voz é estranha e por mais que ele converse com a voz não a consegue conhecer nem a reconhecer, nem ela se revela.

Esta voz leva-o a reflectir sobre a sua vida actual e passada e lembrar-se de um episódio traumático que lhe aconteceu nos Estados Unidos. Isto teoricamente funcionaria bastante bem como exploração da personagem, mas a forma corriqueira como está escrito torna todos os elementos bastante... Irrelevantes? Parece que o autor não quer realmente que nos preocupemos com os problemas de Tsuneo enquanto ele busca a solução para a voz. E, por isso, é difícil manter o interesse. Sim, está bem, fizeste coisas horríveis e tens uma vida chata. E depois?

Além disso, faltou explicar o que era, ou quem era, a voz desconhecida. Durante todo o livro o que mais me prendeu foi efectivamente "ela". Eu queria saber quem ela era e porque era uma voz e porque precisava de ser uma voz. Não me contaram e isso foi um desapontamento.

Não é um livro mau, leitura fácil e simples, mas também não foi nada de especial.

E, já agora, pergunta: porque é que todos os autores Japoneses têm de falar de sexo e ter os seus personagens com problemas e dúvidas sexuais? Haverá aqui algo latente?

Sem comentários:

Enviar um comentário