24.12.12

Enkai Anime Convention

Enkai Anime Convention

Acabadinha de chegar de Castelo Branco! Já livre do meu funky smell com uma boa banhoca e cheia de coisas para contar! Querem ouvir? Não? Vou falar delas à mesma!

Tudo começou com o anúncio deste evento. E pensei... Porque não? Buga de chatear a Hota para vir e lá fomos nós. Viagem atribulada, passando por um verdadeiro purgatório de curvas e contracurvas no meio de uma floresta meio assombrada. Chegando, perdemo-nos em busca da Pousada da Juventude. Ninguém nas ruas. Conseguimos indicações de um taxista (Hospital! Escola! Centro de Saúde!) e lá nos instalámos. Aparentemente não estava mais ninguém na pousada. E obrigaram-me a fazer o Cartão Jovem, os malandros! Depois perdemo-nos ainda mais uma vez à procura de um restaurante para jantar, mas uma adorável senhora com dois adoráveis cãezinhos gordos levou-nos a um. E ainda nos mostrou o sítio onde dormem os passarinhos! Mas passemos à manhã seguinte! (Pequeno-almoço da Pousada limitado a um pão, duas fatias de queijo, uma manteiga, um copo de leite e um copo de sumo de laranja. Não que a Pousada seja desagradável, aliás, é bastante confortável e dormi muito bem, feito pedregulho cheio da musgo...)

As Primeiras Impressões

O evento foi feito no Cine-Teatro de Castelo Branco o que é sem dúvida um espaço fantástico. Tinha um auditório fabuloso com um palco cheio de fabuloso também, um bar, um bengaleiro que era loja, um sítio para fazer unhas com pokémons e no andar de cima uma loja, a Lobo Mau. Estranhei não haver mais lojas, mas depois explicaram-me que a Lobo Mau tinha pedido exclusividade, para maximizar os lucros. O meu phone-strap deste evento é uma Chi com um guizo. E também comprei um Dio Brandooo, devo confessar.

Chegámos muito cedo, por isso cirandámos por ali, eu com um barrete de Pai Natal que tinha comprado num Chinois Castelo Branquense, a tirar algumas fotos e a conviver com os pessoais. Pessoais esses muito muito muito bacanos, diga-se de passagem.

O evento não tinha um único momento morto, sempre com actividades no palco a todas as horas, excepto intervalo para almoço e jantar. Assistimos ao primeiro episódio e Sword Art Online (uma palestra de Fansubbing havia sido cancelada por motivo de doença do palestrante... Sugiro plano B para a próxima). Não posso dizer que tenha gostado muito de SAO assim à primeira vista, pareceu-me só mais um anime de fantasia. Mas agora que comecei vou ver até ao fim, não é? :)

Para almoço eles tiveram uma ideia genial, que foi associar-se a uma pizzaria e fazer pizzas temáticas, que podiam ser encomendadas até às 11h00. Havia pizza de One Piece, pizza Alquimista e Poképizza. Disseram-nos que todas tinham carne, por isso encomendámos um especial só de queijos, mas depois vimos as definições das pizzas e a Alquimista era vegetariana... Estranha coisa de não haver garrafas de água, mas copos de água de garrafão a 50 cêntimos.

De repente, estamos todos a enfardar, aparece um senhor a perguntar o que é que vai comer. A voz lembra-me alguém... E esse alguém é o Vegeta! João Loy, o dobrador de Dragon Ball, está ali com a gente a comer e a conversar! Bom, ainda há mais aventuras, doravante ele será conhecido por Vegeta.

Cosplay

Apesar de não estar muita gente, estavam alguns cosplayers e quase todos participaram no Concurso, que virou desfile. Todos se podiam inscrever até ao último minuto e por isso foi bastante concorrido. Viva! Viva! =D Apenas eu fiz skit, por isso só me vou comentar a mim própria. No entanto, tirei algumas fotos que vou partilhar agora! A Hota também tirou algumas que também vou por aqui (a minha máquina, preconceituosa como ela é, decidiu ter um peripaque a meio do primeiro dia) Alguém que queira a foto maiorizinha fáxabor avisar!




 Este fato ao pé é alguma coisa de profundamente fabuloso!






A partir daqui são fotos da Hota, escolhi as que gostei mais. :)




 Todos nosotros!

Hota e eu na nossa foto-foto da praxe

Em termos de concurso, todos entraram em palco, fizeram poses ou algumas brincadeiras, sempre ao som de uma musiquinha gira. Eu fiz uma cena, que passo a demonstrar:



Ora, o que raio é isto? Lembram-se de eu ter dito que um dia ia dançar o Gangnam Style com umas cuecas na cabeça? Este foi o dia! Era suposto servir como crítica: VOCÊS VEJAM A FIGURA DE PARVA QUE EU ESTOU A FAZER, PELO AMOR DA SANTA! A própria MEIKO está revoltada com a doideira do Narrador (adoro ser Narrador) Mas, ironia das ironias, não funcionou. Ganhei o Primeiro Lugar! Foi a votos do público, que tinham um papel para preencher a nossa letra (eu era o Cê). Bem, eu entendo. O público riu-se e divertiu-se. Eu sinceramente não me importo de ser palhacinha se o público gostar. :) Obrigada público, por terem gostado! =D (e um obrigada especial àquele que me atribuiu o ápodo de Mãe Natal Boa, hohoho)

Falando em apalhaçamentos, olhem nós todos em modo doidão!


De seguida ocorreu um workshop de Cosplay. Cobriu coisas bastante básicas, mas ainda assim úteis, nomeadamente o kit de sobrevivência de eventos, o kit de arranjos de cosplay e exemplos de alguns materiais que podem ser usados. Não concordo muito com a escolha de personagens para as várias "fases" de dificuldade de cosplay, achei que eram um bocado díspares. Nota para um pequeno erro: o cosplay não nasceu no Japão, mas sim nos states. Em 1939, por Forrest J. Ackerman, na Primeira Feira de Ficção Científica. O termo esse, sim, foi criado por um Japonês, Nov Takashi, em 1984, e publicitado em revistas de ficção científica. Aqui fica uma foto do primeiro cosplay de sempre:

Parece que está vestido normalmente, não é? xD

Conversa com João Loy Vegeta

Fomos trocar de roupa no interlúdio em que estavam a passar novelas Japonesas, que à gente não nos gusta disso. Quando regressámos, estávamos mesmo a horas para conversar com o Vegeta! Foi engraçadíssimo e excelente! O João Loy é super simpático e bem humarado e contou-nos uma série de histórias sobre a dobragem da série e outras séries que ele fez. Por exemplo, quando apareceu o Vegeta disseram-lhe... "Ah, faz tu a voz que este deve ser daqueles que aparece um ou dois episódios e depois desaparece!" Também fiquei a saber que ele fez vozes em Todos os Cães Merecem o Céu, SOS Croc e Kangoo!

Além disso, deu conselhos sábios para a juventude que estava na plateia. Por exemplo, eu perguntei o que uma pessoa deveria fazer para se tornar actor de dobragem. E ele disse: trabalho. Fazer um currículo e enviar para as produtoras. E é claro que alguém com mais experiência será sempre escolhido, a menos que tenhas uma cunha. Quando lhe perguntaram como melhorar a performance nas gravações para skits de cosplay a primeira coisa que ele disse foi arranjar um professor de voz. E outras coisas, como seguir a sua vocação e trabalhar muito para o conseguir.

Gostei imenso desta conversa e depois ainda tivémos direito a autógrafos! Olhem o meu!


E para verem como o senhor é fixe, aqui está um vídeo dele a fazer dobragem ao vivo e a cores!



A Noite

Após jantar uma omelete caríssima voltamos ao cine-teatro para ver um filme. Summer Wars! Puseram no evento do Facebook uma votação para o filme e todos eles eram verdadeira pornografia visual, incluindo dois do Shinkai Makoto, que adoro (votei num deles). Mas Summer Wars foi a opção perfeita, não me lembrava como o filme era divertido! E foi mesmo engraçado vê-lo com outras pessoas, apesar de atrás de nós estarem umas criaturas que nunca devem ter ido ao cinema, porque não se calavam. Escreverei uma review sobre ele em breve (aliás, acho que já escrevi uma em inglês, tenho de ver) Parte má foram as legendas, feitas por um tal Edilmundo e revistas por NADA. Estavam uma confusão, em PT-PT, PT-BR e Inglês tudo ao mesmo tempo.

E depois.... ..... ..... AFTER PARTY!


Era para ser num bar das Docas (Docas secas, dado que não há rio que se observe em Castelo Branco, nem mar, nem água sem ser a das fontes), onde na mostra do bilhete receberíamos um shot. Ora, não estava lá ninguém do Enkai quando chegámos por isso eu, Hota, Paula, Ana e Leandro (sim, essas pessoas famosaaaaas~~~) fomos a uma tasca que a Ana conhecia beber umas cenas às cores. O meu era o preto e era o mais agressivo, mostrarei foto quando elas puserem na net! vejam a foto!


Um destes não é como os outros

De volta ao bar, descobrimos que nos deram a boca. O shot sabia a gomas, não me deram o correspondente ao bilhete da Hota, não passaram a prometida música Japonesa e, feitas as contas, mudámos de bar. Não foi para um muito melhor... Mas eu digo, nunca nem nunca nem nunca mais na vida até eu morrer volto a esse bar que nos atraiçoou!

Acabámos sentados numa escadinha do jardim na conversa, a fazer matemática e a experimentar a peruca Teal da Ana (não é azul! É teal!). Até contei ao Leandro, acompanhada de um copo de vinho, da primeira vez em que o conheci e ele gritou connosco por causa de uma pistola de cola-quente! Olhando para isto agora, fartámo-nos de rir.

Aproveitei para conversar um bocadinho com o Vegeta sobre teatro, já que ele é actor antes de ser boneco. Agora já tenho mais uma história para contar: fui para os copos com o Vegeta!

O Dia Seguinte e Adeus

Sem Ressaca!

Mais uma vez, chegámos demasiado cedo ao evento. Depois de nos informarmos chegámos à conclusão que não há muitas coisas turísticas em Castelo Branco (nem pessoas. Nem semáforos.), por isso fomos ao Enkai. Vimos Hyouka, que achei bonito mas que creio que me vai desinteressar com brevidade, como todo o slice-of-life. Ah, repare-se que o evento foi feito todo na ilegalidade, fansubs! Também vimos uma cena live-action, os Akibarangers, que me pareceu um desperdício de recursos que podiam ter sido usados para, sei lá, alimentar criancinhas, animais ou eu.

Também vimos o concurso de AMVs, que deixou de ser concurso por falta de concorrentes. Um era de Dragon Ball e até transformou Dragon Ball numa coisa séria. O outro era de Hoturabi Mori E e estava realmente bonito, quase chorei.

Depois de almoço (restaurante excelente que nos arranjou uma traessona de seitã com molho de maçã por 10€, com bebidas e café. É o Marinheiro de alguma coisa, recomendo) ainda tivémos tempo de assistir ao Quiz. Não nos inscrevemos porque achávamos que não íamos ter tempo, mas devíamos ter-nos inscrito e mudado o nome da nossa equipa para HERÓIS GALÁCTICOS. Ganhávamos aquilo com uma margem impossível, sabíamos tudo excepto Bleach, Naruto e One Piece. Como dava para escolher o anime da pergunta, conseguíamos fugir a estes três, que a gente não sabe. Nunca tinha assistido a um quiz e pareceu-me que as perguntas eram demasiado fáceis. Deviam fazer perguntas do tipo "Qual o nome completo de Maria Antonieta" ou "Originalmente, quem são Belldandy, Urd e Skuld" ou coisa assim difíceis, sei lá...

Mas enfim, despedimo-nos com muita pena de ir embora. Porque foi realmente bom! A Hota ainda teve tempo de fazer umas pokéunhas e eu acabei de ler Fairy Cube (review em breve também)

Obrigada a todos por um grande fim de semana! É a prova de que um evento não precisa de ser grande para uma pessoa se divertir! Espero que voltem a fazer o Enkai. Mas se calhar num sítio que não fique a duas horas e meia de distância, haha! Adorei conhecer tanta gente tão simpática e estar num evento sempre com coisas para fazer. Espero voltar a ver-vos a todos em breve! Photoshoot? :)


(Ah sim, parabéns ao Rúben. Ninguém sabia quem ele era e agora toda a gente sabe, que lhe cantámos 24346112312576 vezes os parabéns durante o evento!)

Edit: Esqueci-me de falar de uma coisa que aconteceu algures no primeiro dia, que foi uma demonstração de Body Combat! Ora aí está uma coisa original para se fazer num evento! Foi muito engraçado, porque estava um grupo de pessoas a fazer ginástica ao som de happycore , com um líder que estava todo contente a gritar "em cima, direita, um, quatro, dez!" Eu só me ria, porque estava a imaginar os ninjas a fazerem aquilo. No meio do grupo estava uma rapariga com um olhar absolutamente psicopata a dar murros no ar. Enfim, muito giro. Aliás, até fiquei com uma muito ligeira vontade de experimentar, mas só de olhar para eles a ginasticar já estava com faltas de ar...

Edit 2: Com a excitação de ter ganho o primeiro prémio esqueci-me de dizer quem ganhou os outros! Sorry! Em Segundo Lugar ficou o Leandro, como Syaoran de Tsubasa Chronicles. Em Terceiro Lugar ficou a Paula com o seu portentoso fato de Gate 7! Parabéns!! :)

2 comentários:

  1. Quem medera ter idoD: mas trocar folgas agora é sempre dor de cabeça--'. E yay para fairy cube<3

    ResponderEliminar
  2. Olá,

    só um reparo. O Lobo Mau não pediu exclusividade para MAXIMIZAR os lucros, mas sim para não ter prejuízo. Num evento tão pequeno como o Enkai, ao ter várias lojas, estas vendiam muito pouco e nós não podíamos correr o risco da não obtenção de lucros. A organização podia recusar esse meu pedido, e se assim fosse éramos nós quem não tinha ido. :)

    ResponderEliminar