25.11.12

Um Litro de Lágrimas

Um Litro de Lágrimas
Aya Kitou/KITA
Manga - 4 Capítulos/1 Volume
1990
5 em 10

Quando estive na Bienal de São Paulo (vide Quinta Dimensão) havia lá montanhas de molhos de manga. Então pedi ao empregado que me trouxesse aqueles que só tivessem um tomo. Apareceu com dois e este parecia ser o mais interessante (o outro tinha umas mamas na capa) por isso trouxe-o.

E bem, isto é trágico em todos os aspectos.

Foi um manga inspirado no diário de Aya Kitou, uma jovem adolescente que descobre que tem uma doença cerebelar degenerativa. Por isso não é novidade dizer que isto é a crónica de uma morte anunciada. É muito triste neste aspecto e suponho que o diário propriamente dito (que foi publicado em 1988, pouco antes da morte de Aya) seja de chorar que nem uma madalena. Mas o manga não é. Simplesmente o motto não está bem aproveitado.

O texto é muito triste e as dúvidas de Aya são compreensíveis e muito relevantes. Mas o manga põe-na sempre a sorrir, como se ela fosse uma mártir (pelo que percebo ela própria não acreditava nisto) e não tem momentos de intensidade adequada.

A arte é muito simples, muito jogo de fundos de tramas. Isto dá a sensação de que tudo isto é quase um sonho, quando é uma realidade muito definida.

Em resumo, insatisfatório.

Sem comentários:

Enviar um comentário