21.11.12

Errar é Divino

Errar é Divino
Marie Phillips
2009
Romance

Um livro do BookCrossing, que veio num BookRing! Obrigada!

Bem, isto é uma comédia. Vamos fazer um exercício de imaginação. Os deuses gregos, aquela gente fabulosa com poses à Dio Brando, continuam aqui. O que é perfeitamente natural, dado que são deuses e usualmente os deuses não morrem. Mas, coitados, estão a viver numa casa a cair aos bocados no meio de Londres e encontram-se insatisfeitos com as suas vidas deprimentes. Até que num acesso de raiva Afrodite vinga-se de Apolo e tudo muda, com intervenção de Alice e de Neil, dois seres humanos meio (não. Completamente) nerds e meio (não. Completamente) apatetados.

E, com isto, o livro tem piada. Os deuses estão bem caracterizados e a sua modernização combina perfeitamente com os mitos e lendas de que há registo. Excepto talvez Artemisa, que é um bocado convencida demais para deusa da Lua, Caça e Castidade (LCC)

O contraste entre Apolo e Neil, deus de tudo o que é belo e aficcionado da banda desenhada, é engraçado mas poderia ter sido mais explorado, quiçá com um maior conflito interno pela parte de Alice.

De resto, lê-se bem mas por vezes é tão inócuo que uma pessoa se perde. Há-que adorar livros sem qualquer tipo de conteúdo. =D

Sem comentários:

Enviar um comentário