4.11.12

Animoment - Um Momento de Anime


Animoment - Um Momento de Anime

Bem, mais um fim de semana pleno de senilidade.
Comecemos do início. Quando eu olhei para o cartaz não quis muito acreditar. Mas depois disseram-me "epá, não estás a perceber a genialidade da enguia metálica e do pato dragão". E realmente não estava. Olhando bem para isto, tem algo de muito épico aqui. E parece que foi feito pelo irmão mais novo do organizador, que fofi. :3 Além disso gostei do site, adorei o cartaz. Tinha tudo e filmes diferentes do habitual e três workshops (inscrevi-me imediatamente no de cosplay) e não parecia ser difícil de lá chegar. Então preparei o meu cosplay, um skit para rir e lá fui eu.

Quando cheguei eu não quis completamente acreditar. Aliás, estive quase para me ir embora. Mas lá entrei e entrando o que se passava: programa da manhã estava cancelado pois a pessoa que trazia o material teve um acidente de carro. Mas não se magoou e isso é o importante. Se bem que se fosse eu já o material lá estava desde o dia anterior (ou desde a semana passada). Entretanto tinha visto no horário (quando cheguei a casa. Às 10 da manhã. Depois de ter dormido uma hora. Isto é importante) que o workshop de cosplay tinha passado para o dia seguinte. Fiquei com pena, pois não tinha planeado ir no Domingo.

Mas falemos daquilo em que não acreditei: o espaço. É uma associação cultural de velhotes, ou coisa que o valha, e parecia estar a cair em pedaços. Tinha um espaço grande com copa (que por razão misteriosa não podia ser usada) e um palco. Um pano na parede seria o sítio de visualização de coisas. Atrás uma tenda, onde estava pessoal a jogar às cartas e um espaço vazio que se estendia até ao infinito (limite definido por um parque infantil), que poderia ter sido utilizado para montes de coisas. Parte da frente coberta por uma coisa, segura por um pau com um balde na ponta, que caiu pelo menos duas vezes colocando em risco a vida de muitos seres vivos e de muitos seres mortos também. Ah, e vi um rato. Mas isso não interessa, porque tinha pago bilhete e porque eu acho ratos super fofos.

E ora portantos lá andei eu pegada ao cinzeiro, a ver as lojas (muito poucas: Casa da BD, uma banca com cartas diversas, uma banca de desenhos, uma com coisas feitas à mão - onde comprei o meu tradicional phone strap, este é de um sushi de ovo -, uma com manga barato - onde deixei o meu contacto para me enviarem informações, pois disseram que havia mais - e uma com uns porta-chaves feitos de feltro) , a falar com os peoples sobre anime e coiso. Além de mim havia mais uma pessoa com um cosplay e estava-me a sentir um bocado deslocada por, pois, ter uma peruca azul e um remo. Mas gostei de falar com o pessoal. Éramos poucos, talvez por isso dava para iniciar conversas interessantes e falar sobre anime. O que, para evento de anime, é quase uma novidade!

Entretanto inciamos uma sessão de Dungeons and Dragons. Desde que vim da Quinta Dimensão que queria muito experimentar um roleplaying game mas até agora ainda não consegui que o encontro dos Roleplayers de Lisboa acontecesse num dia em que eu não tenho um evento de cosplay (ou um workshop) para ir. Então finalmente consegui experimentar! E é tão, tão, tão, tão, tããão giro! A primeira parte foi a construir as personagens. Eu escolhi uma humana bard e dei-lhe o nome de Cockatiel. E estavam as minhas parceiras a fazer a delas quando chamaram para o concurso de cosplay.

Concurso de Cosplay

Éramos dois. DOIS. 2. Um mais um. Dois. Prémio garantido, havia dois prémios (muito fixes, por sinal). Entretanto apareceu uma moça com orelhas de gato (a Gatinha Celina) para fingir que éramos mais. Mas éramos dois. Cosplayers, onde estavam vocês? Espero sinceramente que a fazer um fato com um milhão de pérolas, porque podiam ter ganho prémios excelentes e não ganharam. Ora, eu desta vez vi as apresentações de cosplay, por isso mesmo sem vídeo (que ainda está para aparecer) vou falar um bocadinho delas. Para começar, estes éramos nós:

Credo, que cara de mutante que eu tenho...

Tirámos a sorte quem ia primeiro e quem ia depois e, como a deusa me bafeja com o rabo, calhou-me ser a primeira. No me gusta ser a primeira. Backstage um pavor, cheio de escadas (tenho dificuldade em subir escadas com este fato), cheio de gente a comer algo com arroz.

Botan (Eu)


Este vídeo vai estar está aqui PORQUE houve mais uma desgraça na série e os vídeos viam-se muito mal, muito muito mal, no pano branco. Parece que era por causa da luz. Mais uma razão pelas quais os vídeos devem apenas ser um suporte e não devem ser essenciais, meus amigos! 8D Mas prontes, eu acho que está giro por isso está aqui para verem.

Ora, tinha uma série de limitações este concurso: 1 minuto de tempo limite e não se podia utilizar material sonoro "da net" (isto é, todas as músicas de que gostamos). Então eu decidi fazer uma coisa simples e usei a minha voz para fazer os efeitos. Eram para ser 10 coisas que se podem fazer com um remo, mas depois pus só cinco, porque não cabiam. Acho que fiz um erro de transição do Remar para o Cavar mas fora isso acho que correu bastante bem, deu para cansar e as pessoas (poucas) fartaram-se de rir. O juri comentou que podia ter sido mais expressiva, sobretudo na última parte, e é verdade... Os risos não sairam como é costume. De uma forma ou de outra, eles valorizaram bastante o facto de eu ter feito o fato todo (à mão, mais o remo). Comentaram um detalhe na peruca, verdadeiro (e esta peruca já parece um ninho de ratos, de qualquer forma). Mas enfim, acabei por ganhar o primeiro prémio, o primeiro da minha vida, que foram 50 euros em vales de compras na casa da BD e uma t-shirt de Naruto (que dei imediatamente ao Soldado, o que é que eu ia fazer com uma t-shirt de Naruto?) Eu realmente pensava que isto ia correr muito mal, estava mal-disposta, só tinha dormido uma hora, a peruca estava pavorosa, esqueci-me de uma parte do fato (que não se vê mas que é importante), estava toda desgraçada, mas valeu a pena o esforço. =D

Soldado (Counter Strike)

Vi de longe. Entrou em modo stealth, apontou e apontou mais. Não apreciei muito, mas o juri diz que o ambiente estava igual ao do jogo, por isso deve ser verdade.
Gatinha Celina
Entrou. Fez "nya". O público matou-se a rir e continuou a matar-se a rir durante todo a "nyazação". Deram-lhe um "Prémio de Coragem", que achei muito bem!
Uma nota sobre o juri
Gostei muito que nos dessem as opiniões deles e as pontuações. Pessoal acessível e simpático, críticas construtivas e muito válidas. Gostei mesmo desta atitude, se bem que teria sido impossível se fossemos mais.
Depois mais Dungeons and Dragons, onde matei um Ghoul à primeira, de longe, com uma seta, mas acabei por ser morta por gatos.

Segundo me consta os workshops, de desenho e de Japonês, estavam concorridos. Os jogos e as cartas também. Mas o resto estava morto. Acho que deviam ter posto alguma animação no palco, sei lá, um concurso de karalhoke ou assim, para chamar a atenção para aquela área. Nota sobre o workshop de desenho: eu falei com as pessoas que iam dar o workshop e... Eram estudantes do 12º ano. Sinceramente não me parece qualificação suficiente (apesar de eles até desenharem bem, deixei o meu contacto para um projecto)

Quanto a comidas, ramen. Mas havia um problema com a água. Estava ausente, levei comida de casa.

Por isso vamos ao..... SEGUNDO DIA!

Tururu, está aqui uma coisinha bebé para tirar o gosto.
Ora bem, eu era para não ir. Eu era para ter ido acabar com o stock de um bar em Almada e para ter feito um longo passeio à beira do rio, com interrupções frequentes. Mas o organizador pediu-me... MUITO... Para ir dar o workshop de cosplay. Ora portantos, o gajo que ia dar o workshop cortou-se. À meia noite e vinte de sexta-feira (a situação era para acontecer no Sábado). E eu disse "epá, eu vou falar com o pessoal para ver se arranjo alguém, que eu não tenho competência que eu não sei fazer fatos". Então fui falar com o pessoal, e até falei com bastante pessoal, e ninguém podia ir, e ninguém podia, e ninguém podia, e então fui eu. Ya. Fui eu. Não lhes ia dar a boca também. É que realmente, esta gente esforçou-se para fazer algo em condições e só lhes aconteceram azares. Mas para ser sincera, estou estupefacta com a atitude da pessoa que ia dar o Workshop. Aparentemente estava a cargo da Associação Portuguesa de Cosplay. Se tinham de cancelar o mínimo que podiam fazer era arranjar alguém para substituir. Há dezenas de cosplayers neste grupo, não havia de ser impossível encontrar alguém! Ou pelo menos alguém que soubesse mais do que eu! É que realmente são estas coisas que tiram toda a credibilidade a um grupo. Questiono-me, será que a Amadora vai falhar? Ou será que não falha por ser um evento oficial? O que pensaram vocês? "Ah isto é um evento de fãs então a gente pode falhar à grande que ninguém vai ligar?" Ou outra coisa qualquer?  Esclarecido que a criatura envolvida pertence à ACP mas que ia a título pessoal. Imprevistos acontecem, é evidente, toda a gente tem o direito de faltar a uma coisa para a qual se comprometeu. Mas o lógico, o correcto!, é arranjar uma alternativa. Um plano B, um plano C. Agora deixar as pessoas penduradas é que não.

Mas prontes, fui eu. Fui eu. -___- E como eu em fatos sou uma abécula falei de skits. Peço desculpa a todos os que estavam à espera de um workshop de cosplay. :< Eu dei um workshop de PLAY. Mas bem, dei umas dicas para o audio, para o vídeo, partilhei uns tutoriais de efeitos especiais e finalmente, depois de uns bolinhos, sugeri um exercício de construção de personagem. Consistia em escrever alguns dados sobre a personagem e baseados nisso apresentar-se como se fossem a personagem. Mas acho que não expliquei bem a ideia. Depois tinha planeado que cada um reproduzisse uma cena da "fonte", mas não tínhamos muito espaço e o chão era de gravilha molhada e achei melhor cortar essa parte. De uma forma ou de outra podem sacar aqui a apresentação que fiz, pelo menos tem imagens giras.

Entretanto havia um concurso chamado "Teatro em Cosplay", que era para grupos. Foi UM grupo (espero vídeo), que ganhou uma câmara de filmar. Mais uma vez, prémio awesome e só um participante. A apresentação deles ao início estava gira, mas depois Gangnam (e Gangnam mal coreografado ainda por cima). Eles disseram-me que aquilo foi meio de improviso, por isso até nem foi mau de todo.

Finalmente, enquanto esperava por uma boleia para a estação dos comboios, concerto dos Namae Ga Nai, que fazem covers de músicas de anime. Banda fixe, tocavam bem e tocavam músicas giras (se bem que a maioria eu não conhecia). E tinham um violino, que raridade! Mas a vocalista não estava nos seus melhores dias, constipada do dia anterior, a voz falhava-lhe, desafinava nas notas mais altas, e só fazia que não, parecia estar mesmo triste. Sem presença nenhuma. Tocaram só meia hora mas ainda assim acho que são uma boa banda para os eventos e gostava de os ver mais vezes. A voz da vocalista podia estar a falhar, mas tinha um tom bonito.

Neste dia já havia diversos quitutes alimentares a preços mínimos, mas a única loja que lá estava era a Casa da BD. Muito menos gente, se é que é possível.

No caminho de regresso cheguei à conclusão que nunca teria dado com o sítio se tivesse ido de transportes. Nem nunca na minha vida eu tenho sentido de orientação suficiente.

Mas concluamos! Diverti-me e isso é o essencial. Pude conhecer pessoas novas e, maravilha das maravilhas, falar com elas sobre anime! Todo o evento foi a parábola da Série de Desgraças, mas sobreviveu-se e riu-se e portanto foi na boa. Gosto destes eventos feitos por fãs, sempre dão para variar um bocado. Gostei que eles fizessem tudo dentro dos trâmites legais, com os copyrights de tudo e coisas, não gostei (fez-me solene confusão) que me estivessem sempre a tratar por você. Tive muita pena que todas as pessoas da net que disseram que iam não tenham ido. Acho que deviam continuar, se bem que num espaço diferente que este não estava com nada. Foi um fim de semana bem passado, embora sentisse a falta do longo passeio à beira do rio com interrupções.

Nota para uma coisa engraçada: no workshop estava lá uma velhota que não fazia ideia de onde estava e que não sabia o seu próprio e-mail para eu lhe explicar melhor. Ela ficou com ideia de que Cosplay é como as pessoas se vestem no Japão. 8D


9 comentários:

  1. Peço desculpa Carolina, pelo meu primeiro comentário o teu blog ser por causa disto, mas tenho que te dizer que o workshop não estava relacionado com a Associação Portuguesa de Cosplay. Estava sim com um dos membros mas unicamente a titulo pessoal, sendo que assim esse imprevisto (doença) - sublinho - nada tem de relacionado com a associação em questão.


    Tivemos realmente um pedido no passado sábado para um workshop; tentámos no curto prazo arranjar algo mas, infelizmente, apenas com algumas horas não encontrámos ninguém com disponibilidade pois nenhum membro podia deslocar-se nessa data ao local.

    Lamento o sucedido, é horrível quando acontecem este tipo de imprevistos e fico feliz que tudo se tenha resolvido!

    Espero que isso responda às tuas questões relativamente ao cosplay no AmadoraBD.

    Desculpa lá o white-knightzismo, mas só não quero que se criem mal entendidos! :v

    (Se te spammei isto desculpa outra vez, estou a ter uma guerra para conseguir enviar o comentário LOL)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ok, foi só aquilo que me disseram no evento. Assim fica esclarecido. ;) Até à Amadora!

      Eliminar
  2. Brutal, a APC anda envolvida em coisas que nem ela sabe. Lá porque um dos convidados faz parte da APC, não quer dizer que a APC faça parte do evento. Esse tipo de post só levanta dramas, ao menos informa-te sobre as coisas antes de mandares esse tipo de comentários. Não fosse uma pessoa ser avisada destas mentiras difamatórias e criava-se logo um novo boato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só disse o que me disseram. A conversa passou-se da seguinte forma (citando):
      "Bem me tinham dito para não confiar na Associação Portuguesa de Cosplay"
      "A sério? Mas quem era?"
      "Parece que é o presidente."

      Por isso devem ter-se confundido com os conceitos e eu só transmito o que me dizem. Estranhei nenhuma das pessoas com quem eu falei saber disso, mas eu confio nas coisas que me dizem.

      Vai-de correcção.

      Eliminar
    2. Esclarecido também nos fóruns em que isto está, que assim não há mal entendidos. ;)

      A APC (que eu tenho sempre de pensar para não escrever ACP) é uma associação que eu apoio e que quero mesmo ver a fazer coisas, por isso quando me disseram fiquei completamente /siderada/. Mas como afinal foi uma projecção fico muito contente. :)

      Eliminar
  3. Carolina, apesar de gostar de vir cá bisbolhar from time to time e da tua tenacidade, tenho que vir aqui defender a minha honra. Não porque tenha ficaco chateado contigo ou o que seja, mas porque as interwebs são aquele espaço fantástico pro durama.

    De facto a org do Animoment falou comigo, que note-se não sou o presidente da APC :X , e eu encaminhei a cena. Porém, como tu até bem sabes, a equipe da associação está a dar o litro pelo FIBDA, e não tinhamos de momento recursos para ir a dois eventos separados por 1 semana! No entanto, eu, a titulo pessoal comprometi-me a ir lá. Entre algum problema de comunicação esta semana, só consegui falar de novo na sexta com a org, e expliquei-lhes a minha situação : Que estava ( e infelizmente continuo) doente, e que ainda que sabado podesse ser possível, domingo estaria completamente fora de questão. Ora, talvez em demasiado boa vontade minha, pensei que estava em condições de ir sabado, e admito disse que tentaria ir. Não sucedeu. passado umas horas mandei uma mensagem, e disse que não iria conseguir ir.

    Agora, claro que não é uma decisão tomada de ânime leve. Nunca disse que não a ajudar quem fosse nesta comunidade, seja cosplayer, seja evento e ja lá vão 10 anos disto. Se , infelizmente, não pude ir não foi porque me deu na real gana não querer ir. Foi porque não poderia de todo ir.

    Custa-me é ouvir dizer que não se pode confiar na APC, ou o que seja, quando em todos os eventos em que estamos presentes temos uma óptima reacção do público, as pessoas mostram-se interessadas, e agora até estamos a avançar com alguns projectos! Seja a newsletter, seja o lançamento do site para breve, assim como as suas dinamizações e as nossas presenças em eventos. Pá, se incomodamos assim tanto alguns sectores, paciência. Mas menos larachas desinformadas para meter veneno, não faziam mal. Não só para com a APC, mas para com a comunidade. Menos drama e mais Cosplay :X Não fazemos isto a titulo pessoal, mas para dinamizar uma coisa que todos gostamos: Cosplay. às vezes parece que a malta se esquece disso lol.

    P.S desculpa o testamento e espero ver-te no AmadoraBD!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por demais evidente que ninguém tem culpa de ficar doente e imprevistos acontecem. Mas aí aparece o Plano B e o Plano C, que se preparam com antecedência. Creio que apesar de tudo fica a experiência para o futuro: imprevistos acontecem e há que ter sempre uma carta na manga para correr tudo sobre rodas.

      De resto, já está corrigido e até ver (porque eu não estive no Ibera por isso ainda não vi) a APC (não ACP!) é uma boa coisa e eu apoio. Têm de aceitar que para quem está de fora só os resultados interessam e as primeiras impressões contam muito. É como ver um filme, se não gostamos dele por mais DVDs de making-of que façam nunca vamos deixar de ficar com aquele gosto na boca. A vossa prova de fogo vai ser agora a Amadora e espero sinceramente que tudo corra da forma mais excelente possível.

      Lá estarei de uma forma ou de outra, para habituais risotas. 8D

      E as melhoras!

      Eliminar
  4. Boa Tarde,

    Aqui mando um printscreen do email enviado para a Associação Portuguesa de Cosplay, ainda em Setembro, como podem comprovar:
    http://imageshack.us/a/img831/3596/email1.png
    http://imageshack.us/a/img547/2513/email2.png

    Além disso, pela falta de resposta, dirigi-me ao local da sede (que não era sede, era uma habitação, mas provisório, o que compreendo, sem algum problema). Falei com uns senhores, onde apresentaram-se como pais do presidente da Associação. Recebi um email do mesmo, a dizer:
    http://imageshack.us/a/img832/9632/email3s.png
    http://imageshack.us/a/img27/7109/email4k.png
    http://imageshack.us/a/img856/244/email5c.png

    Sempre que falei por telefone, perguntava se estava a falar com “André, o presidente da Associação Portuguesa de Cosplay”. Sempre tive resposta afirmativa.

    Falou-me sempre em nome da Associação. Confirmou-me sempre tudo.
    E agora dizem-me que é um dos membros a título pessoal?
    Recebi outra mensagem do mesmo, dia 6 de Outubro às 20:42, a dizer:

    “Boas Filipe, tudo bem? Desculpa la não ter dito nada mais cedo sobre a APC, mas felizmente iremos ter o fim de semana de 3 e 4 de novembro livre. Assim podemos pensar uma colaboração, o que eu pedia que mandasses um email com a info institucional que querem divulgada. Quanto a participação da APC, em principio, o workshop está garantido. Se quiserem membros para o júri e/ ou ajuda para o concurso também está disponível. Abraço”

    Enviei um email passado uns dias, dizendo isto:
    http://imageshack.us/a/img138/3796/email6.png
    http://img252.imageshack.us/img252/2826/email7.png

    Não recebi resposta. Tive de ligar e disseram que estava TUDO ok, sem algum problema, e que a Associação ia ajudar. Iriam enviar um email a confirmar tudo, mas nunca recebi o email. Aguardei.

    Liguei a perguntar se realmente poderia contar com eles ou não, pois apesar de terem prometido uma resposta, não recebi nada. Aliás, tentei ligar antes, mas sem sucesso. Então, tentei, ainda mais, na sexta-feira antes do evento, às 19 horas e 26 minutos (sim, porque estive na IGAC nesse dia, e só cheguei a casa às 19 horas). Foi a altura que percebi que quem vinha da Associação era a pessoa com quem falava e que estava muito doente. Percebo, a doença ataca a todos, mas perguntei se outra pessoa da Associação não poderia vir, pois estava a contar com eles e dos júris (vindo da parte deles). Disse-me que não sabia, mas que pelo menos ia ele, mesmo que doente e fazendo um esforço, como tinham prometido. Haviam dito que arranjavam júris, pelo menos para Sábado, mas para Domingo não contar. Com isto, arranjei júris para Domingo, pois de Sábado estava sossegado.

    Mas, à MEIA NOITE E DEZANOVE MINUTOS, recebi uma mensagem que nem queria acreditar: o cancelamento da vinda das pessoas. E se vinham júris, não era só uma pessoa. Não passarei a mensagem para aqui pois era assunto pessoal, mas quem quiser posso mostrar SEM PROBLEMAS, tal como TODAS as outras mensagens, pois estão registadas no meu telemóvel, e posso tirar printscreens, mas não exponho em público.

    Com isto tudo, ainda dizem que a Associação Portuguesa de Cosplay não estava envolvida???

    Fiquei bastante desiludido com a vossa atitude. Pedimos ajuda a vocês e, caso não quisessem ajudar, diziam logo de início. Nunca me disseram nada contrário. E, se falava alguém em nome individual como dizem, porque apresentaram-se sempre em nome da Associação como mostrei nos emails e nas mensagens?

    Mas, perdoa-me Carolina, foste sempre uma grande ajuda e ainda disse tais coisas no teu blog. Se quiseres, podes apagar este comentário, pois é apenas um descargo de fúria sobre tudo isto. Mas, quando me chamam de mentiroso, não consigo ficar calado.

    Mas bem, é tudo o que tenho a dizer. Se alguém duvida destes emails ou destas mensagens, não tenho problemas nenhuns em encontrar-me com quem quiser para mostrar TUDO, mostrando a realidade das coisas. Além disso, tenho testemunhas.
    Podem falhar, mas chamarem-me mentiroso, isso já NÃO admito! E não, não foi uma semana antes que comecei a falar, mas quase DOIS MESES ANTES!

    Sem mais a dizer,
    Filipe Severino

    ResponderEliminar
  5. Filipe, compreendo o teu transtorno, e já assumi publicamente a minha falha. No entanto isto não cria mais nada sem ser atritos.

    Começando: Eu não disse que a APC não estava envolvida. E passo a defender esse ponto.

    como a defesa da honra ainda é um direito, reservo-me a tal. Os mails foram trocados até determinada data, como os próprios indicam. No entanto a partir do momento que percebi que a equipa da apc ia estar demasiada ocupada com o AmadoraBD, EU comprometi-me a ir ao teu evento ajudar, porque mesmo que se a APC não podesse estar lá a desenvolver actividades, eu poderia ir dar o workshop. Referi esta situação pelo menos duas vezes ao telefone, como até disse também que não iria ser necessário espaço para uma banca.

    Findado este ponto, também te disse que indo eu ao workshop, e como ia acompanhado de mais uma pessoa, poderíamos transitar também para sermos jurados do concurso. Ora eu,estando impossibilitado de ir dado o meu estado , a pessoa que ia comigo, dependente da minha boleia também não pode ir. Foi um infortúnio, o qual não o tomei de ânime leve. E Filipe, se achas por bem, expor a mensagem que te mandei mal regressei da clínica, não tenho qualquer problema. Disse que me foi prescrita medicação e repouso, e que não poderia ir, por muito que me custasse. Portanto, pra quem me conhecesse sabe que se não fosse um caso in extremis, eu não teria sido forçado a tomar esta atitutude.

    Agora, aquando digo a titúlo pessoal: Sim, a APC foi contactada, eu próprio disse que dei seguimento a alguns dos mails, e a príncipio tudo indicava que podessemos ter uma participação maior. Não se tornou possível. Quando percebi que não podia acontencer, disse que lá iria eu. Portanto apesar de ter claro está a APC sempre vinculado à minha pessoa, neste caso , e neste evento a APC em si não iria desenvolver actividades. E acho que isso ficou bem claro, e aceite.

    De novo, porque eu não fujo com o rabo à seringa. Foi uma falha a título PESSOAL, e não organizacional. A APC não teve culpa nenhuma, sublinho, Nenhuma. Eu comprometi-me a ir dar uma aula, e a fazer parte do Jurí. Apesar de saber que a APC está me vinculada, reiteiro o meu ponto. Mesmo sabendo que iria sempre resvalar alguma poeira para com a Associação, não posso deixar de defender o projecto que não teve culpa de nada.

    E se o que existe aqui é um conflito de interesses, digo abertamente que caso queiram julgar alguém podem-no fazer a mim. Eu, a titulo pessoal compremeti-me a ir lá. Não pude ir. Vou dizer que "falhei" e assumo as consequências do facto. Se quiserem falar mal, força.

    Agora Filipe, não tenho qualquer problema contigo, nem te chamei mentiroso, não ponhas palavras na minha boca. Aliás, o post aqui no blog da carolina foi mais em jeito de desabafo que outra coisa, não sendo de todo direccionado a ti, mas ao drama que foi criado. A ti, dei-te um convite para o AmadoraBD para poder falar ao vivo contigo e poder esclarecer-te a situação.

    P.S Fui o presidente da APC aquando da sua fundação. Agora sou, a título provisório, Presidente da Mesa da Assembleia Geral, e isso ainda hoje cria algumas confusões.

    ResponderEliminar