3.1.13

Top Gun

Top Gun
Tony Scott
Filme
1986
6 em 10

Depois de passarmos o dia 31 a ver mamas e rabos, vamos passar o dia 1 de Janeiro a ver o Top Gun para compensar! É realmente um filme muito... Másculo. Cheio de homens despidos a terem conversas filofóficas na casa de banho e a jogarem à bola e a conduzirem caças (mas nesta parte estão vestidos)

Tom Cruise é um soldado baixinho que tem um grande talento para pilotar aviões. Então é mandado para uma escolinha de aviões onde só estão os melhores e onde há uma competição para saber quem é o melhor. Depois apaixona-se, depois traumatiza-se e depois tudo acaba em bem. Por isso, sim, é um filme divertido. Básico mas divertido.

É irónico ter tantos homens semi-nus quando é precisamente o sector masculino que se interessaria por um filme que se foca em caças. Não é por mal mas, convenhamos, são aviões. Não são assim tão interessantes. Enfim, temos montes de aviões a voar e à luta e a fazer manobras voadoras espectaculares com grandes paisagens de fundo, céu, montanha e mar.

E temos uma banda sonora genial, com todos os grandes hits da época. É a banda sonora que vale o filme valer a pena, com toda a nostalgia que vem com ela.

O Tom Cruise não. Ele come placentas.

Sem comentários:

Enviar um comentário