17.6.16

Em Busca do Tempo Perdido 1 - No Caminho de Swann

Em Busca do Tempo Perdido 1 - No Caminho de Swann
Marcel Proust
1913
Romance

E, como sou louca, iniciei-me numa outra empreitada literária: Em Busca do Tempo Perdido, um romance em sete volumes do início do século XX, escrito pelo muito famoso Marcel Proust.

Ora, este livro corresponde exactamente ao seu nome: a procura de um tempo que já passou, um tempo que se perdeu. Mas, ainda assim, a sua leitura nunca se poderia considerar "tempo perdido", porque é deliciosa. É fabuloso ver como um livro que fala sobre absolutamente nada pode ser tão cativante, enquanto que livros modernos em que acontecem milhentas coisas acabam por ser perfeitamente inúteis (não irei citar nomes para não ofender algumas almas)

Neste primeiro volume, o narrador é ainda criança e fala das suas vivências em Combray, uma terra um pouco afastada que se perde na natureza. No entanto, há um personagem constante, sobre o qual o livro se detém durante longo tempo: Swann. Qual a importância deste personagem na grande escala das coisas? A verdade é que o narrador acaba por se sentir influenciado por esta presença que, não sendo constante na sua vida, tem uma grande força moral no mundo infantil. Afinal, trata-se do pai do primeiro amor.

Assim, temos uma grande parte do romance dedicada à forma como Swann conquista a sua actual esposa e como esta acaba por o fazer sofrer de diversas formas por não corresponder ao nível do seu amor. Isto pode parecer pouco consequente para a narrativa, mas serve como uma forma de caracterizar a época em que se vive. Repare-se que, para caracterizar a época, o autor não recorre a prolongadas descrições do ambiente dos salões ou das roupas. Em vez disso, prende-se nas questões dos hábitos e na qualidade dos diálogos.

Um livro que se lê rápido, apesar da densidade, e que é simplesmente fascinante. Estou ansiosa por continuar a minha senda e passar desde já para o segundo volume, mas tenho outras leituras intercaladas para não fartar :p

Sem comentários:

Enviar um comentário