3.3.14

Cosplay Photoshoot #11

Cosplay Photoshoot #11

Olá! Há quanto tempo! Há séculos! Há milénios!

Pois é, há milénios que não ia a um evento... Trabalho, vida, trabalho, dormir, dormir, estou com a cabeça toda às voltas. Mas agora já estou a atinar melhor, por isso podem contar comigo para os próximos!

Mais um ano, mais um Photoshoot. Tudo começa algures em Setembro, quando inicio o projecto do meu novo fato. Para levar ao Photoshoot, claro. Mas, como esta menina é uma taralhoca da cabeça, foi-se adiando, adiando, preguiçando e tal... E esta semana foi uma roda viva a terminar o fato e a ir buscar as coisas que foram feitas na oficina, andar para trás e para a frente a comprar as coisas que faltavam, oargh! Em breve colocarei todo o processo do meu fato no meu Cosplay Portfolio, caso tenham curiosidade em saber como foi feito. :)

Enfim, deitei-me cedo para descansar (como faltava descanso em mim!), acordando cedo e refrescada como um trinaranjus. Após um belo almoço de esparguete à bolonhesa (ah, podia comer isto todos os dias!) enfiei-me no autocarro com o saco do Pingo Doce cheio de tralha cosplayistica e depois mudei em Sete Rios para o metro e... Mas porque é que eu estou a falar disto que não interessa nada?

Adiante!

Com medo que o fato se desfizesse pelo caminho,  decidi vesti-lo no Vasco da Gama. Como ás da inteligência que sou (...) fui para a casa de banho mais refundida, onde não estava ninguém para me perturbar. O fato não se desfez ao longo do dia. Aliás, partiu-se um ponto no ombro, mas não abriu nada. Significa que me serve e que não está assim tão mal, né?

E que cosplay era? Utena! Já tinha feito a versão Rose Bride, mas o uniforme era a versão que eu mais queria fazer. Ora, estava eu a andar Vasco da Gama fora quando vejo, em frente de um multibanco, nada mais nada menos que... Outra Utena! É claro que tinha de falar com ela! O fato dela estava super giro, muito mais limpo que o meu e mais engomado também. Fartámo-nos de rir quando olhámos uma para a outra e foi realmente um momento engraçado... A moça foi super boa-onda. :)

Avancemos para a parte da foto. O Zé Gato, fotógrafo de serviço, e o Moamô, chaperon de serviço, chegaram com algum avanço. Mas assim que fomos para a foto, ainda faltavam uns 20 minutos para as 15:00, já estava toda a gente preparada para o momento do êxtase... Foi uma foto super rápida e, como começou antes do tempo, mais rápida pareceu... Teria sido a chuva, suponho. Aliás, a chuva fez fugir muitas pessoas. Não compareceu o número habitual de gentes mascaradas e ninguém vi tirando fotos pelo Parque das Nações. Na volta, descobrimos todo o mundo encarcerado dentro do centro comercial...

Pelo meio de dedos (das mãos e dos pés) de conversa, tirámos algumas fotos. Agora, a parte triste... Não tenho nenhuma. Nem as que me tiraram, que foram poucas, nem as que o Zé tirou. Vou explicar: a portentosa máquina do Zé estragou-se. Então, para a photoshoot, levou duas analógicas e uma digital com menos qualidade. Tirou as fotos do pessoal com uma das analógicas mas... Eram 36 fotos. O rolo não acabou. Para termos essas fotos, temos de revelar o rolo. E o rolo tem de estar cheio. Mas eu PROMETO, JURO PELAS ALMINHAS TODAS DE QUE TOMO CONTA! Vou por aqui as fotos assim que as tiver e vou partilhar o link outra vez assim que tiver as fotos e elas estiverem aqui. Tá? *-*

 Atenção, trago uma novidade sobre as fotos!

E são más notícias. Por favor não matem a mensageira, que sou eu. Pois bem, a máquina das fotos do pessoal era muito antiga. Fomos fazer um mini-piquenique para acabar o rolo mas... Quando o Zé o retrocedeu e se abriu a máquina... BAM! Rolo queimado! Todo enroladinho num canto tipo harmónica. As primeiras seis fotos, que eram do evento, tinham morrido. Mas podia ser que ainda se pudessem salvar as outras, caso fosse para cuidados intensivos. Após horas de cirurgia, a conclusão não podia ser pior... Queimaram TODAS as fotos! ;___________; Fica a lição aprendida, mais fotos naquela máquina satânica non... Desculpem. Estou um pouco triste porque tinhamos tirado fotos menos giras... Eu e a outra Utena, eu a lutar contra um chupa-chupa, a matar a Amy Winehouse, o homem aranha com o mini aranha... Enfim, ficarão só na memória...

Chovia. Chovia e portanto chovia e estava molhado. Húmido. Assim a dar para o desagradável. Mesmo assim, como semos uns bichos cheios de toda a coragem, rimo-nos face ao perigo e lá fomos tirar outro rolo de 36 fotos pelo Parque das Nações. Apesar de não nos termos afastado muito, fartámo-nos de andar. Se quiserem ver o resultado, vejam o álbum da photoshoot:


E, se quiserem, podem ajudar-me a escolher uma foto para mandar para o habitual concurso de fotografia... ^_^ As fotos estão estranhas, com artefactos e granulado, por causa do analógico e do tempo. Ainda assim, achei que ficaram com um aspecto giro e surrealista, daí ter chamado à Shoot "Sonho de Chuva". Acho que o ambiente combina bem com a Utena também.

E como não posso deixar um post deste calibre sem fotos, fica aqui a foto do nosso encontro imediato do primeiro grau com um senhor bizarro que pediu uma foto comigo. Olhem bem para a cara dele e imaginem isso ao pé da vossa cara. Foi tão assustador como hilariante... Fica a recordação:


Enfim, foi muito giro encontrar toda a gente e ver cosplays às cores, de todas as cores! Agora vêmo-nos de novo no Anicomics (ou antes? Se calhar... :p). E eu vou por aqui as fotos! A sério!

Enquanto não estão prontas, tenham um dia muito feliz!


Sem comentários:

Enviar um comentário