7.7.12

Ie Naki Ko

Ie Naki Ko (Nobody's Boy Remi)
Dezaki Osamu - TMS Entertainment
Anime - 51 Episódios
1977
7 em 10

World Master Series são animes inspirados em histórias de fundo Europeu. Nele se incluem as famosas Heidi e Ana dos Cabelos Ruivos. E a maioria delas foi criada nos 70s. Remi é um desses animes.

Remi é um rapazinho a quem só acontecem desgraças e o anime é, essencialmente, a sua busca pela felicidade. É uma busca muito bonita. A arte é lindíssima. Fundos que são quase pinturas e uma delicadeza do traço que já não se encontra no anime dos dias de hoje. Existem algumas cenas de animação repetidas e recicladas, mas provavelmente só as notei porque vi a série toda de seguida. A música também é maravilhosa, muito diversa, original, bem interpretada e muito apropriada a todos os momentos. Ver este anime é como ler um livro, tal a macieza do traço e dos sons.

O anime tem cães e creio que foi por isso que o tinha na lista de coisas para ver. Infelizmente a história tem um enorme defeito, que são as desgraças todas que acontecem ao infeliz do Remi. Vejamos se me lembro de todas: vendem-lhe a vaca, é vendido a um homem que toca corneta, os sapatos magoam-lhe, a roupa que usa é ridícula, tem de estudar música, é muito pobre, não tem dinheiro, está frio e é Inverno, não tem dinheiro, perde-se na cidade, morrem dois cães comidos por lobos, morre-lhe o macaco com pneumonia, é deixado à guarda de um mauzão Olivertwistiano, morre o homem da corneta, cai geada que arruina a plantação de flores, fica preso numa mina, morre o pai adoptivo, raptam-no, prendem-no, mandam-no para a prisão, o macaco novo é um incompentente, não consegue comprar uma vaca de jeito. E assim por diante, devem-me faltar algumas. Depois acaba tudo em bem, mas isto é demasiada infelicidade para a minha vida. Em termos de personagem, Remi cresce psicologicamente, ainda que o seu crescimento físico não seja evidente, mais que não seja porque ganha coragem e rectidão para trabalhar nas coisas de forma a atingir objectivos. Achei que a sua aprendizagem foi demasiado rápida (aprendeu a ler e a tocar harpa num instante) e que os animais eram demasiado inteligentes, apesar de muito engraçados (quero o chapéu do Capi para o meu Infeliz).

Recomendo bastante este anime, pois é muito belo. Talvez para uma pessoa pouco habituada ao "old-school" seja um pouco difícil, pois tem um narrador, tem muitas imagens paradas. Mas envelheceu muito bem e aconselho-o.

Sem comentários:

Enviar um comentário