18.8.13

Inglorious Basterds

Inglorious Basterds
Quentin Tarantino
Filme
2009
8 em 10

É verdade, eu não estou a fazer isto por ordem. Não vi este filme depois do outro e antes deste ainda vi outro, esperem pela referência. OPÁ ESTOU DESCONCENTRADA! Perdoem-me... ;___;

Mas bem, o Tarantino faz um filme sobre cada coisa, por isso porque não um sobre a segunda guerra mundial? Mais especificiamente, sobre um grupo de soldados de vibe psicopata que andam a matar nazis sem dó nem piedade. E da agente dupla que os leva a infiltrar-se, com mais ou menos jeito, no cinema. Liderado por uma judia escondida, que tem a ambição de pegar fogo àquilo tudo quando for a estreia do filme do soldado nazi que está apaixonado por ela. Tudo interligado!

Enfim, é um filme muito divertido. Os personagens são tanto aterrorizantes como deliciosos, e isto porque são tão bizarros, cada um com um lado maligno muito evidente. Mas é impossível não gostar de todos eles, até dos piores. Isto não seria possível sem grandes actores, ajudados pela força do argumento.

A recriação histórica é colorida e exacta, do pouco que sei da história propriamente dita, adocicada por detalhes (como os nomes no jogo dos papéis na testa).

Só depois de ler um bocadinho consegui descobrir onde estava o Tarantino (que aparece nos filmes todos dele). Quando descobri fartei-me de rir, tentem encontrá-lo!

Nota: antes deste filme vimos (eu revi) A Wind Named Amnesia. Queria acrescentar que desta vez adorei a banda sonora!

Sem comentários:

Enviar um comentário