21.11.13

O Último Cabalista de Lisboa

O Último Cabalista de Lisboa
Richard Zimler
1996
Romance Histórico

Por incrível que pareça, não me consegui envolver com este livro. Foi uma dificuldade, nunca me apetecia lê-lo! Mas ontem fiz um esforço e consegui terminar as últimas páginas, dentro da minha caminha quentinha.

Segundo consta, este livro é uma transcrição livre de um documento encontrado escondido numa casa em Constantinopla, pelo autor. Esse livro conta uma história de laivos policiais passada na Lisboa do século XVI. Berequias é um cristão-novo, um judeu secreto, que tenta descobrir quem assassinou o seu tio, homem da cabala, escondido por trás da tragédia que se abateu nesse dia sobre todos os judeus de Lisboa.

Apesar de não me ter cativado, o livro é muito interessante e está bem escrito, de uma forma muito casual mas também muito adequada à época. O que é natural, se o livro foi escrito nessa época. Com este livro fiquei a aprender muito sobre os hábitos judaicos (não sei se conheço algum judeu, mas desconfio que sim e nunca se fala disso) e sobre alguns "mistérios da cabala", que me pareceram positivamente fascinantes. Todo o mito em volta da cabala está integrado com a vida normal das pessoas.

Fiquei com pena do pequeno Judas, mas o epílogo, capítulo final, dá a toda a história trágica contornos de final feliz. Um livro que eu gostaria de ter apreciado melhor e que gostaria de emprestar ao meu pai, pois ele de certeza que o ia adorar. Se é que não o leu já... xD

Sem comentários:

Enviar um comentário