22.5.12

Cronicando

Cronicando
 Mia Couto
2003
Crónicas

Li alguns comentários que dizem que toda a gente gosta de Mia Couto. Honro-me de ser a excepção. Depois de ler este livro maligno, que me durou MESES dentro da mala, honro-me de poder dizer: EU ODEIO O MIA COUTO. Com todas as minhas forças. Caramba!

Porquê, digam-me, porquê? Porque é que os autores dos países africanos de língua portuguesa se RECUSAM a escrever as coisas em Português? Eu quero ler um livro em PT-PT não ém AF-PT, ie. Africanês. Sim, há umas brincadeiras de palavras que são giras. Mas brincar com TODAS as palavras? Olá? Caro Mia Couto, será o senhor um pouco demente? Tanto esforço a fazer alterações nas palavras para depois não sair nada de jeito, acho bem...

As histórias até são engraçadas. Algumas. Mas estão escritas de uma maneira tão insuportável que agora que acabei o livro só tenho vontade de o queimar e de lhe fazer uma macumba (o que é uma boa maneira de acabar com um livro africano, pensando bem :3) Sorte do livro que não é meu, é da minha irmã.

Mia Couto, NUNCA MAIS NA VIDA!

Sem comentários:

Enviar um comentário