17.8.11

Boogiepop Phantom




Boogiepop Phantom
Watanabe Takashi
Anime - 12 Episódios
2000
5 em 10

 Um clássico dos 00s, o anime Boogiepop Phantom explora acontecimentos que se passaram há cinco anos e que se reflectem na actualidade: crianças com estranhos poderes, assassinatos e Boogiepop, uma criatura semelhante a shinigami (deus da morte).

 A premissa é excelente, mas a concretização foi insuficiente. Este é um anime para quebrar a cabeça, mas não nos são dadas informações suficientes para conseguir resolver o puzzle. Parece ser necessário um conhecimento prévio de certos acontecimentos, que não nos é dado. Assim, isto acaba por ser apenas uma grande confusão. Além disso, existem elementos (os insectos, a misteriosa droga disfarçada de perfume) que parecem ser completamente esquecidos na progressão da história. é fácil de entender o fio principal da meada, mas tudo o resto teremos de considerar ou inútil ou inexplicável. Eu vou mais pelo inútil.

 A direcção de arte tem também uma premissa excelente. Os tons sépia, o preto e branco, tudo isso é fascinante. Mas acaba por ser destruído por um design deficiente. Este estilo é popular no início dos 00s, especialmente para histórias deste género, o terror urbano, mas ainda assim acho que o estilo da realização teria sido muito mais eficiente com um design de personagens diferente, nomeadamente um estilo shoujo mais brilhante ou um estilo realista.

 As personagens individuais de cada episódio estão bem desenvolvidas, havendo uma boa apresentação dos seus dramas, e Boogiepop mantém-se como criatura misteriosa do início até ao fim, se bem que lhe dão uma certa personalidade que me parece ser desnecessária. No entanto, Kirima Nagi - que é um ponto fulcral de união entre todas as histórias - não parece ter uma personalidade, um passado ou um futuro e está simplesmente ali a andar de mota e a ser fixe com um fatinho colado ao corpo.

 A banda sonora é possivelmente o ponto mais bem conseguido da série. Mantém um nível de suspense e mistério adequados.

 Boogiepop Phantom é parte de todo um franchise, mas a série - sobre a qual eu tinha grandes expectativas - é desagradável. Não tem o mistério nem o horror que prometia e é apenas uma amálgama confusa de conceitos que nunca são explicados. No entanto, a apresentação é muito original e daí um 5 e não outra coisa pior.

Sem comentários:

Enviar um comentário