25.3.16

The Care of Birds

The Care of Birds/O Cuidado dos Pássaros
 Francisco Sousa Lobo
2015
Banda Desenhada

Este foi o livro que eu realmente queria comprar à Chili com Carne no AmadoraBD. :) Vencedor do concurso "Toma 500 paus e faz uma BD", é uma banda desenhada adulta, forte e estremecedora.

"Peter Hickey está para os pedófilos como um observador de pássaros está para os caçadores". Assim este personagem se descreve a si próprio. Mas em que medida será isto verdade? Peter Hickey é um personagem profundo, com várias camadas que se vão revelando à medida que viramos as páginas. é um homem mais ou menos idoso, que tem o passatempo de anilhar pássaros. Para isso, gosta de se fazer acompanhar de meninos com idades entre 10 e 12 anos. Mas porquê? Diz ele que há uma certa pureza na amizade entre um homem e uma criança. Mas os pássaros têm outras coisas a dizer.

Vemos o personagem entrar numa espiral de loucura e auto-comiseração: o que ele procura, a companhia infantil, não pode ser conseguido. Os pássaros sabem disso. No entanto, quando ele encontra outras pessoas que o apreciam, não é capaz de lidar com as vozes dos pássaros. Os pássaros falam com ele frequentemente, e frequentemente dizem coisas terríveis.. Mas não só as aves são simbólicas. Também as pessoas, os outros personagens, têm diversos significados dentro da mente de Peter Hickey. Assim, todos os momentos de convívio acabam por ter mais profundidade do que aquela que poderíamos pensar à primeira vista.

A arte é simples, mas cheia de cor na sua simplicidade. Aparentemente lisos, os desenhos começam a ganhar texturas variadas e diferentes, levando-nos a entrar nos meandros do pensamento do personagem. Também este tem uma variedade de expressões que nos permitem encontrar a sua humanidade que, apesar de horrível, é verdadeira.

O capítulo final pareceu-me um pouco confuso, já que há a introdução de novas personagens, mas a revelação tem muito poder: o encontro do personagem com os seus verdadeiros sentimentos, a sua confissão, a libertação da "mentira" em que viveu até agora, acaba por o tornar num espírito quase catatónico, cheio de medos, cheio de horrores.

Será culpa dos pássaros? Espero que tenham contribuído...

Um livro poderoso que toca num assunto que ainda é tabu. A não perder.

Sem comentários:

Enviar um comentário